fbpx

Os perigos da mistura caseira: saiba por que evitar

Para quem já cuida da própria casa há algum tempo, as misturas caseiras para limpeza fazem parte da realidade. E mesmo quem está começando agora na carreira solo, já ouviu uma série de dicas e “fórmulas milagrosas” para resolver todos os problemas.

E nem adianta negar! Nós sabemos que, em algum momento, você pesquisou ou pediu alguma dica prática para a limpeza daquela mancha que já estava fazendo aniversário na almofada do sofá.

Afinal, todo mundo tem aquela receita infalível para remover até a tinta da parede, não é mesmo? Mas você sabia que preparar “soluções de limpeza” em casa, sem qualquer tipo de qualificação, pode ser um hábito muito perigoso?

Mesmo a mistura de ingredientes aparentemente inofensivos pode trazer graves prejuízos à sua saúde e a de toda a sua família. Então, já é hora de deixar para lá a mania de pesquisar tudo na internet e procurar os produtos testados e aprovados pelos órgãos reguladores.

Porém, se você ainda não se convenceu dos perigos da mistura caseira, deixamos abaixo três motivos para você ficar bem longe disso. Quer saber mais? Então confira!

Perigos da mistura caseira: um mal disfarçado

Podíamos escrever aqui uma série de motivos pelos quais você deve abandonar de vez as misturas caseiras para limpeza.

E não apenas porque já existem produtos disponíveis no mercado, como o limpador de uso geral Espuma Mágica, mas também porque, a longo prazo (ou às vezes imediatamente), toda a família sentirá os efeitos.

No entanto, acreditamos que os três motivos abaixo já serão suficientes para te convencer.

Alguns compostos químicos não devem ser misturados

O primeiro motivo é muito simples e todo mundo já sabe. Afinal, quem nunca brincou de misturar bala de menta com refrigerante do tipo cola na escola? Se você nunca fez isso, então provavelmente já deve ter visto um vídeo na internet.

O mesmo acontece com uma série de outros compostos químicos quando estão em contato com outros compostos específicos. Se você não tem um conhecimento profundo em química e experiência na área, dificilmente será capaz de prever as reações das misturas.

E é claro que balas de menta e refrigerante são brincadeiras de criança, mas algumas “misturas caseiras” podem ser fatais. Estamos falando aqui de compostos químicos que, em conjunto, se tornam tóxicos altamente prejudiciais ao seu organismo.

Queimaduras graves e doenças respiratórias são apenas alguns dos enormes problemas que esse hábito pode causar.

Cuidado com o vinagre

O vinagre é uma das substâncias mais versáteis presentes na nossa casa. Além de ser facilmente encontrado nos supermercados e lojas de conveniência, esse produto é ideal para preparar receitas, remédios caseiros contra fungos e outras infecções, tirar manchas de parede e roupas etc.

A maioria das pessoas acredita que, por ser um produto que todo mundo consome no meio da comida, é extremamente inofensivo. Bom, o vinagre por si só pode até ser inofensivo e muito benéfico para a nossa saúde, mas misturado a outros ingredientes, pode se tornar um veneno.

Você sabia que, se misturar vinagre com alvejante, por exemplo, produzirá um vapor corrosivo que pode queimar sua pele? Da mesma forma, ao misturar vinagre e cloro, você perceberá a presença de um gás extremamente tóxico.

Caso isso aconteça, é necessário se dirigir a um pronto-socorro imediatamente. Entretanto, nem sempre há tempo e os efeitos podem ser de graves a fatais.

Por isso, que tal deixar o vinagre em paz no armário da cozinha e, de preferência, bem longe dos seus produtos de limpeza?

Cuidado com a finalidade de cada produto

Todos nós temos a impressão de que todos os produtos de limpeza são capazes de remover todos os tipos de sujeira e, além disso, quanto mais, melhor. Por este motivo, é super comum observar as pessoas misturando alvejante, detergente, sabão líquido e desinfetante dentro do mesmo recipiente.

Isso quando não acrescentam o álcool para garantir que todos os vírus foram eliminados.

Se você não tem esse hábito (ainda bem!) pode estar pensando que é um baita exagero. Mas podemos afirmar que isso realmente acontece.

No entanto, muito ao contrário do que você espera, que é sua casa extremamente limpa, a mistura de produtos de limpeza pode acabar estragando tudo. Um exemplo bem simples é o sabão em pó, produto altamente corrosivo quando aplicado sobre revestimentos.

Já o cloro, por sua vez, pode manchar tecidos e outras superfícies laváveis de forma irreversível.

E ao invés de ficar com a casa cheirosa e brilhante, você terá como saldo da conta um enorme prejuízo financeiro. Isso se sua mistura caseira não resultar em uma substância tóxica.

Por isso, confie nos rótulos das embalagens

Então, a melhor coisa a se fazer é confiar nos rótulos das embalagens dos seus produtos. Leia atentamente o modo de usar e a finalidade do seu produto. Se o desinfetante limpa, elimina vírus e bactérias e ainda deixa aquele odor agradável, por que misturar mais?

Da mesma forma, por que gastar todo o vinagre da casa para tirar uma mancha que sai em apenas alguns segundos? Basta aplicar uma pequena quantidade de Espuma Mágica e pronto: sua mancha entrou para a história e sua família continua em segurança.Gostou do nosso conteúdo? Então leia também: Como tirar mancha de gordura da panela de alumínio?

Compartilhar este Post

Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp
Share on linkedin
Share on pinterest

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Ao clicar em “Publicar comentário” você concorda que leu e aceita os termos e políticas de privacidade do site.

Pesquise no Blog

Últimos Posts

Veja a ação da Espuma Mágica

Posts Relacionados